16.3.08

Sobre a Bel

A Bel, a dona desse blog, é uma pessoa legal, mas um tanto complicada.
É carente de amigos, mas à vezes manda todos passear pra ficar sozinha. Às vezes também faz coisas que gosta, mas não deve. Às vezes gosta mais do que o normal de alguma pessoa e não se aguenta, tem logo que falar. Detesta joguinhos de sedução, gosta das coisas práticas. Precipitada ao extremo, é acostumada a sofrer por antecedência. Não gosta de contar tempo, nem passado, nem futuro, detesta cronologias, embora seja professora de história. Acredita que o tempo é sempre relativo. Paciência nunca foi o seu forte, imediatista, detesta as palavras SE e AMANHÃ.
Detesta o dinheiro, odeia, gasta tudo o que tem, com qualquer coisa e com as pessoas que gosta, sem um pingo de dó. Gosta muito de uma boa balada, mas se diverte com coisas simples também, como um passeio no parque, um filme no sofá de casa, uma cerveja na cozinha com alguém.
É simples, não gosta de mulherices, adora andar de tênis. Ama perfume, doces e mordidas na orelha. Tem grande dificuldade em manter longas amizades e iniciar relacionamentos. Trabalha no que gosta, mas às vezes não gosta de trabalhar.
Já descobriu que é uma só, imperfeita, teimosa e agora tenta aprender a viver um dia de cada vez, e essa, no momento, tem sido a maior dificuldade da sua vida. Afinal, por que as coisas demoram tanto pra acontecer?

5 comentários:

disse...

Ansiedade. Esse é o mesmo mal do qual eu sofro. E que autoavaliação, hein? Eu tentei fazer a minha, não sei se consigo. rs. Prefiro não tentar, vai que eu fico depressiva? :-0

disse...

Menina, sabe que na minha pesquisa apareceu como sendo do Dali aquela tela, mas eu achei o traço tão diferente, mas tão diferente, que não acredite. Até pq apareceu só em uma fonte. Mas é bom ter certeza. :) Até pq a pior coisa é não dar os créditos a quem é de direito.

disse...

Obrigadíssima. ;)

Mila disse...

Muitas coisas em comum comigo.
Do gosto pelo tênis (no meu caso, All Star) à profissão (só mais um tiquinho e eu estarei com o giz na mão).
Se você tem tanto em comum comigo e diz que é legal, então deve ser mesmo.
rsrsrs
[Mila, a convencida]

Cinema da Vida disse...

Queroda professora (assim fui chamada hoje e quero repetir),

Hoje o meu dia foi bem parecido com o que você relatou nesse post e por isso me sinto a vontade para escrever. Sou professora de inglês há 60 dias, mais ou menos e preciso de férias.
Necessito MESMO de férias.
E pergunto-me quase todos os dias a mesma pergunta que você fez ao final do seu texto.

Abraço,