9.3.08

Professores vão ao cinema

O aviso foi feito. "Cinema no sábado à noite, cruzcredo!", disse o sábio Edu. Mesmo assim fui. Cheguei no shopping já passava das 21h, e ainda estava daquele jeito que a gente conhece, lotado, pessoas se matando por uma vaga, por um banco no corredor, por uma mesa na praça de alimentação. Fomos pro cinema, eu e minha fiel companheira pra qualquer coisa, a Karen.

Escolhemos um filme "inteligente"... 10.000 a.C.. E foi aí que começou o verdadeiro problema. Sou professora, a Karen também. Eu de história, ela de Artes, matérias muito ligadas. O filme deveria tratar de uma época interessantíssima, que, por sinal, quase não é retratada em filmes, o período Neolítico, que vai de 10.000 a.C. até 6.000 a.C. E o que se vê? Um pano de fundo mal feito, mal pesquisado.

Pra se ter uma idéia, aparecem protótipos de caravelas, quando ainda não se fazia tecido... Ouro fundido quando não se conhecia essa tecnologia. E nem vou falar da domesticação dos mamutes na construção das pirâmides que, imaginamos, do Egito.

Enfim, palhaçada total. Saímos as duas putas da vida, olhando em volta e pensando... só nós somos professoras aqui? Ninguém mais notou nada de errado mesmo?

3 comentários:

Edu Guimarães disse...

Eu te disse, não disse?! Eu te disse, mas eu te disse!

Mila disse...

Sábado à noite não combina com filmes 'inteligentes'.
rsrs

Ju disse...

oi...
vc nem me conhece mais cai aqui na verdade nem sei como, enfim,quando vi esse post vim me solidarizar.
realmente esse filme é uma catastrofe.