17.8.08

Fim de noite

Chegou em casa, tomou um banho. Sentou pra ver e-mails, recados e afins. Queria escrever algo pra alguém. Ligou o rádio pra distrair. Notou que não precisava escrever, já estava escrito e cantado. Apropriou-se das palavras do Lulu.

Eu gosto tanto de você
Que até prefiro esconder
Deixo assim ficar
Subentendido...

Um comentário:

Ju disse...

musica perfeira pra tocar numa rodinha de violão, com amigos e cerveja!